Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :
TUDO SOBRE O MUNDO DIGITAL

Cursos, concursos, artigos, informações, etc.

Home / SEO / SEO para WordPress

SEO para WordPress

/

Vamos ver algumas dicas de SEO para WordPress.

O que é SEO

Search Engine Optimization (SEO) é o processo pelo qual os mecanismos de busca podem ranquear as páginas web nos resultados apresentados.

SEO para WordPress

SEO geralmente se refere ao trabalho feito dentro do próprio site, mas também envolve trabalhar na promoção do site.

Os sites podem ser construídos de várias maneiras diferentes (PHP, HTML, Flash, etc.), usando uma ampla variedade de ferramentas, como Dreamweaver e WordPress, dentre outras.

A maioria dos sites e blogs compartilha certos recursos que podemos controlar e usar para ajudar nas estratégias de SEO. Esses recursos incluem coisas como o título da página, texto do corpo, tags ALT, etc.

A esse respeito, a maioria dos sites pode ser tratada de maneira semelhante quando consideramos o SEO local. No entanto, diferentes plataformas têm suas próprias peculiaridades, como ocorre com o WordPress.

É importante compreender que todo site WordPress deve ser bem otimizado sem ser super otimizado, pois ele poderá sofrer penalidades do Google.

Temas e configurações do Tema WordPress para SEO

Existem muitos temas ótimos, dos quais muitos são gratuitos. Geralmente, não recomendo temas gratuitos, pelos seguintes motivos:

  • Eles podem não ser atualizados;
  • Alguns podem incluir código malicioso;
  • Muitos contém links de rodapé para o site do criador (ou qualquer site que eles escolham), o que é muito ruim para SEO;
  • Podem ser mal escritos e, portanto, lentos para serem carregados.

Os temas são uma escolha pessoal e dependem do tipo de site que você está criando. Portanto, é difícil recomendar um tema específico.

Quando você escolhe um tema, há uma lista de verificação a ser levada em consideração.

Principais características de um bom tema WordPress

O tema deve:

1. Carregar rapidamente;

2. Permitir que você controle como as postagens aparecem em todas as seis áreas de duplicação em potencial;

3. Ter pelo menos uma barra lateral;

4. Permitir um ou dois menus no topo do site;

5. Não incluir links ou atribuições obrigatórias no rodapé.

Os pontos 2 a 5 podem ser respondidos pelo suporte do tema. 

Mas e quanto ao primeiro ponto? 

É possível saber a velocidade de carregamento de um site e verificar possíveis problemas.

SEO para WordPress
Como saber a velocidade de carregamento de um site

Um dos pontos importantes de SEO para WordPress é o tempo de carregamento do site. Para tanto, pode-se usar um serviço gratuito no site GTMetrix.com.

O GTMetrix permite analisar o tempo de carregamento de qualquer página web.

Encontre um site que use o tema que você está interessado e insira a URL no GTMetrix. Essa ferramenta divide a velocidade de carregamento da página em elementos e informa exatamente quanto tempo cada elemento demora para carregar.

Você perceberá que muitos dos elementos de carregamento mais lentos em uma página são as imagens. 

Algumas imagens estão relacionadas ao tema, outras não. Não se preocupe com o carregamento lento de imagens que não fazem parte do tema.

Além disso, procure por qualquer elemento que tenha um grande tamanho de arquivo, já que eles demoram mais para serem baixados. 

Existe uma coluna que mostra o tamanho de cada elemento. Tenha cuidado, porém, pois alguns estão em bytes (B), enquanto outros estão em KB (Kilobytes ou 1000 bytes).

Outra coisa a ter em mente é que é improvável que os sites de demonstração configurados por fornecedores de temas usem plug-ins de armazenamento em cache ou uma rede de entrega de conteúdo (CDN). 

Isso significa que as velocidades que você vê com ferramentas como essa provavelmente serão mais rápidas quando forem configuradas no servidor e otimizadas adequadamente. 

Com isso em mente, não se concentre muito nos tempos de carregamento da página relatados e, em vez disso, procure por arquivos grandes que o tema usa, pois eles podem causar problemas de velocidade em qualquer servidor.

Você deve ter percebido que escolher um tema não é tão simples. É importante garantir que ele carregará rapidamente, especialmente se optar por uma hospedagem compartilhada mais barata.

Depois de escolher um tema e instalá-lo, recomendo que desinstale todos os outros temas que possam estar em seu painel do WordPress. A razão para isso é que os temas antigos muitas vezes podem ser rotas tomadas pelos hackers para obter acesso ao seu site.

Por isso é muito importante que você exclua todos os temas e plugins que não esteja usando.

Conteúdo duplicado

Uma das principais considerações ao trabalhar com um site WordPress é o conteúdo duplicado. Por exemplo, todas as postagens que você criar também serão publicadas em outras páginas da Web no seu próprio site. 

Se um post é mostrado em sua totalidade em todas essas páginas ou como um trecho mais curto, muitas vezes é controlado pelo tema do site. Alguns temas permitem que você escolha, enquanto outros não.

Quando uma postagem é feita no WordPress, ela pode ser publicada em todas as seguintes páginas da Web nesse site e, ao mesmo tempo:

1. Na página inicial;

2. Na postagem da página (cada post recebe sua própria página da web);

3. Nas páginas de categoria (as postagens possuem categorias atribuídas e as páginas mostram todas as postagens em cada categoria específica);

4. Nas datas: páginas que mostram todas as postagens feitas em uma determinada data.

5. Na Tag página. As páginas de tags são outra maneira de organizar seu conteúdo. Você pode atribuir várias palavras ou frases a cada postagem e, para cada uma delas é criada uma página de tags, que mostram todas as postagens que foram marcadas com a palavra específica. Portanto, se você usou determinada Tag em cinco postagens, a página da Tag do widget mostrará todas as cinco postagens;

6. Na página do autor (um arquivo que mostra todas as postagens feitas por um determinado autor).

Um grande problema

Note que são seis áreas no próprio site em que uma postagem pode aparecer!

Se você atribuir apenas uma categoria à determinada postagem, isso significa que cada postagem pode aparecer em seis páginas Web do site ao mesmo tempo. 

Embora seja recomendado que você atribua uma única categoria para cada postagem, as tags são diferentes. Logo, se você usar tags, é melhor que sejam de 3 a 5 por postagem. Isso levaria a contagem de até nove ou 10 páginas mostrando conteúdo idêntico.

Esse tipo de duplicação é ruim. Para fazer um bom serviço de SEO para WordPress é importante ter um alto nível de controle para remover esse tipo de duplicação e o processo começa escolhendo um bom tema.

Seu tema deve permitir que você especifique o que deseja publicar em cada uma dessas seis áreas de possível duplicação.

Cursos Online para Concursos

3 Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *