Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :
Oh Snap!

Please turnoff your ad blocking mode for viewing your site content

TUDO SOBRE O MUNDO DIGITAL

Cursos, concursos, artigos, informações, etc.

Criar Marketing de Conteúdo

Criar marketing de conteúdo é uma das formas mais eficazes de marketing online, pois preenche a lacuna entre os produtos e seu público-alvo.

marketing

Por que criar marketing de conteúdo?

Marketing de conteúdo é a arte de criar, publicar e divulgar conteúdos com a finalidade de obter um público segmentado.

O marketing de conteúdo existe há muito tempo. Não é um conceito novo e não nasceu apenas para fins online. No entanto, continua a ser uma das formas mais eficazes de marketing online.

Em síntese, o marketing de conteúdo preenche a lacuna entre seus produtos e seu público-alvo. Mas nem todo conteúdo é eficaz para essa tarefa. 

Mas surge a pergunta: 

Como é possível criar marketing de conteúdo de qualidade?

Até o final deste artigo você será capaz de:

  1. Identificar conteúdo popular para o seu mercado alvo.
  2. Criar um material valioso.
  3. Saber como promover conteúdo em várias plataformas.

Tipos populares de marketing de conteúdo

Como uma estratégia de negócios, o marketing de conteúdo impulsiona a conscientização, gera confiança e melhora as vendas.

Dessa forma, alguns dos tipos mais comuns de marketing de conteúdo são:

Conteúdo Escrito

Conteúdo escrito é a espinha dorsal da web e o tipo mais usado de marketing de conteúdo. 

Muitos subtipos de conteúdos se enquadram nessa categoria:

  • Postagens ou artigos de blogs;
  • Livros eletrônicos;
  • Mensagens de mídia social;
  • Boletins informativos ou marketing por e-mail.
  • Etc.

Com efeito, o conteúdo escrito apela para os motores de busca, tornando-se uma das melhores maneiras de gerar SEO orgânico para o seu site.

Imagens e fotos

As redes sociais tornaram-se cada vez mais visuais, com destaque para o Instagram e o Pinterest. 

Numerosos estudos mostram que o conteúdo escrito com imagens conhecidas funciona melhor do que o conteúdo sem imagens.

Além das fotografias padrão, algumas das formas mais eficazes de conteúdo visual são:

  • Infográficos;
  • Gráficos de citações;
  • Histórias em quadrinhos;
  • Apresentações de slides;
  • GIFs animadas.

As pessoas amam fotos, por isso use conteúdo visual para atrair a atenção do seu público!

Vídeos

Tem havido um crescimento maciço na popularidade do conteúdo de vídeo. 

Embora os vídeos possam ser mais intensivos em recursos, as recompensas por fazer bons vídeos são inegáveis, principalmente em áreas de conteúdo já saturadas com conteúdo fáceis de criar.

Existem muitos formatos que você pode usar para criar conteúdo de vídeo:

  • Vídeos de instruções;
  • Entrevistas;
  • Por trás dos bastidores;
  • Dicas rápidas;
  • Webinars;
  •  Etc.

O YouTube e o Facebook são os canais mais populares para publicar conteúdo de vídeo. 

No entanto, o Vídeo Live Streaming também está crescendo em popularidade como uma forma mais crua e autêntica de conteúdo de vídeo.

Livros eletrônicos

Ebooks podem cair na categoria de conteúdo escrito, mas eles merecem uma própria seção.

Porquanto os ebooks se tornaram incrivelmente populares. Eles fornecem um valor significativo para o leitor, oferecendo discussão tópica de longa duração. 

Em princípio, os ebooks são entregues em formato PDF e incluem vários elementos visuais (não apenas texto).

Como criar marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo gera um ROI (Retorno Sobre Investimento) significativamente maior a um custo menor do que outras estratégias de marketing.

Portanto, vamos nos aprofundar exatamente sobre como criar conteúdo para o seu negócio e nos concentrar na estratégia de conteúdo do seu blog.

1. Identifique o melhor conteúdo para o seu negócio

Você sabe qual conteúdo é popular em seu setor? Quais os tipos de conteúdos que seu público-alvo prefere?

Quando você vir um conteúdo popular em sua área de tópicos, observe como ele está estruturado. 

Considere o estilo, o número de imagens e o formato básico. 

Assim você estará construindo uma imagem mental à qual você pode se referir em sua própria criação de conteúdo.

Ao mesmo tempo você pode usar analisadores de conteúdo para pesquisar por tópico ou analisar o URL de um concorrente para ver o conteúdo que recebe o maior engajamento social em seu nicho de mercado.

Nesse sentido, depois de identificar o conteúdo principal, é hora de começar a criar o seu próprio.

2. Utilização adequada de palavras-chave

Ao criar marketing de conteúdo, nunca subestime o poder da estratégia de palavras-chave.

Inegavelmente, as palavras-chave são um fator de classificação significativo para os mecanismos de pesquisa. 

Em primeiro lugar use palavras-chave e frases-chave corretamente se você quiser que os mecanismos de busca classifiquem melhor seu conteúdo.

Por conseguinte, conteúdo mais bem classificado é igual a mais tráfego orgânico. E mais tráfego leva a um ROI melhor.

Auxiliares poderosos na busca de palavras-chave

Para ajudá-lo a encontrar e refinar uma palavra-chave segmentada ao criar marketing de conteúdo, você pode usar ferramentas como:

Depois de encontrar a palavra-chave certa, você precisa aplicá-la ao seu conteúdo. 

Acima de tudo tenha as seguintes dicas em mente:

  1. Use suas palavras-chave alvo no título do seu conteúdo.
  2. Mencione as palavras-chave pelo menos uma vez no primeiro parágrafo da sua postagem.
  3. Use sua palavra-chave em pelo menos um cabeçalho H2.
  4. Mantenha uma proporção de palavra-chave de dois por cento da contagem total de palavras.

URL e Meta Descrição

Dois dos posicionamentos de palavras-chave mais técnicos são a URL e a meta descrição da página.

  • URL da página: se possível, sempre tente corresponder exatamente a palavra-chave e o URL.
  • Meta descrição: é a parte que aparece abaixo do título do artigo nas páginas de resultados de pesquisa. Adicione sua palavra-chave à meta descrição para que seu leitor entenda claramente por que deve clicar na sua postagem.

É importante observar que os mecanismos de pesquisa estão se tornando incrivelmente inteligentes e podem distinguir entre o uso de palavras-chave naturais e o que é conhecido como preenchimento de palavras-chave

Contudo lembre-se sempre de escrever seu conteúdo para pessoas reais, não bots.

Por exemplo, se você ler o seu conteúdo em voz alta, e parecer estranho por causa do uso não natural de palavras-chave, você estará prejudicando seu público.

3. Postagens de blog mais longas normalmente são melhores

Ao criar marketing de conteúdo, mais tempo é geralmente melhor. Entretanto, quanto mais? 

Certamente duas mil palavras é um bom alvo mínimo para seus artigos.

Todavia você pode estar pensando: 

“Meu público não vai ficar entediado com um artigo tão longo?” 

Muitas pessoas citam estatísticas sobre a redução da atenção humana.

No entanto, fizemos um estudo analisando 100 milhões de artigos e os resultados mostram que as pessoas são mais propensas a compartilhar artigos mais longos. 

Mais ações significam mais tráfego livre! E quem não quer isso?!

Ao escrever um artigo longo, os autores frequentemente prestam mais atenção aos cabeçalhos, sub cabeçalhos e imagens. 

Quebrar o texto em pedaços menores não apenas o torna mais atraente na página, mas também torna a peça resultante muito mais aproveitável.

Benefícios de artigos longos

Artigos mais longos também podem ter outros benefícios, como:

  1. Aumentar o “tempo médio gasto no site”. Os mecanismos de pesquisa tendem a classificar os sites que têm gasto médio de tempo alto.
  2. Aumentar a probabilidade de o seu público explorar mais o seu site.
  3. Permitir que você inclua mais palavras-chave. Lembre-se que a densidade total de palavras-chave de 2% é ideal para o seu conteúdo escrito. Um artigo mais longo significa mais instâncias da sua palavra-chave, bem como mais variações dela.
  4. Permitir que você ofereça soluções detalhadas aos clientes, dando-lhes mais motivos para conhecer, gostar e confiar em você.

Por isso, escreva artigos longos e com a maior profundidade possível!

4. Foco na Qualidade Sobre a Quantidade

Durante anos, muitos editores acreditavam que você teria que lançar artigos regularmente para obter as boas graças do Google. 

De fato, os meios de comunicação definem um padrão de publicação de grandes quantidades de artigos, ganhando enormes quantidades de tráfego.

Quando se tratava de SEO, a crença amplamente aceita era que seu site precisava de muito conteúdo para o Google ter várias razões para classifica-lo em seus resultados de pesquisa. 

E você, portanto, precisava publicar regularmente novos conteúdos para manter altos níveis…

Com uma grande demanda por altos volumes de conteúdo, a qualidade do conteúdo diminuiu lentamente. 

Artigos que não passavam de manchetes de palavras-chave e iscas de clique se tornaram muito comuns na internet.

Ocorre que o panorama online mudou muito nos últimos anos. Particularmente no mundo de SEO, vimos uma grande mudança em direção à qualidade e profundidade do conteúdo, em vez de volume e frequência.

Criar marketing de conteúdo de qualidade

Em 2016, o Google lançou uma atualização chamada Penguin, que se concentrava fortemente no ranking de conteúdo de qualidade. 

Essa implementação foi desenvolvida com o único objetivo de classificar os sites que não apenas respondem às perguntas de pesquisa das pessoas, mas as respondem de maneira mais abrangente.

Está claro agora em 2018 que a qualidade, não a quantidade, é a chave para obter tráfego orgânico dos gostos da pesquisa do Google. 

Se não apenas pelo impulso no tráfego de busca orgânica livre, um conteúdo de maior qualidade sempre construirá confiança mais rapidamente e com mais eficiência do que conteúdo de baixa qualidade.

Portanto, torne o conteúdo de qualidade uma prioridade ao criar marketing de conteúdo, pois isso deixará os leitores e o Google felizes!

5. Publique no início da semana

Surpreendentemente, estudos recentes provaram que publicar no início da semana é mais eficaz do que publicar no final da semana.

6. Seja paciente e espere pelos resultados

Produzir bons conteúdos nem sempre leva a uma “vitória rápida”. É uma estratégia de longo prazo que renderá ótimos resultados com o passar do tempo.

Um dos maiores curingas quando se trata de SEO é saber quando algo vai se classificar. 

Se você está continuamente produzindo conteúdo de alta qualidade e profundidade, é apenas uma questão de tempo até que o efeito cumulativo seja ativado.

Isso porque um site cheio de artigos de alta qualidade cria uma autoridade geral do site, que por sua vez aumenta a autoridade de todos os artigos.

Promovendo seu marketing de conteúdo

Mesmo antes de criar marketing de conteúdo, você precisa planejar para promovê-lo. 

No mínimo, você precisa planejar para promover conteúdo social, com postagens pagas e orgânicas, inclusive via e-mail para os seus assinantes. 

Não é suficiente criar conteúdo e esperar que seja encontrado.

Com toda a certeza o conteúdo com melhor desempenho é compartilhado em várias redes e não em uma única rede. 

Sem dúvida você terá que ser estratégico com sua promoção. 

O que isso significa?

  1. Crie um processo para promoção de conteúdo.
  2. Torne seu conteúdo estrategicamente compartilhável.

Vamos falar esses dois itens individualmente.

Crie um processo para promoção de conteúdo

É preciso criar um processo interno ao criar marketing de conteúdo. 

É possível receber toneladas de compartilhamentos e backlinks apenas por organizar sua equipe de promoção.

Agora, se você ainda não tem sites irmãos para ajudar na sua promoção, aqui está um excelente ponto de partida:

  1. Identifique as principais redes sociais em que seu público passa seu tempo.
  2. Crie uma mensagem para cada rede e certifique-se de personalizar a mensagem.
  3. Crie múltiplas mensagens. Não basta se contentar com uma mensagem por rede, faça várias variações (perguntas, apelos à ação, citações, etc.) e os compartilhe ao longo do tempo.

Não esqueça o poder de seus amigos. Peça-lhes ativamente que compartilhem conteúdo no LinkedIn e no Twitter.

Eventualmente é importante também usar o criador de campanhas do Google

Certifique-se de configurar diretrizes para nomear campanhas e garantir que os resultados sejam fáceis de entender.

Torne seu conteúdo estrategicamente compartilhável

Mais importante do que promover seu conteúdo é fazer com que o público o promova para você. 

Ter imagens, infográficos e outras formas de recursos visuais (como gráficos e tabelas, capturas de tela e gifs) em todo o seu conteúdo ajudará na capacidade de compartilhamento.

No entanto, você também pode empregar as seguintes táticas para garantir o mais alto nível de engajamento social:

  1. Botões de compartilhamento social: se você não está dando às pessoas possibilidades claras e simples de compartilhar seu conteúdo, elas não farão.
  2. Otimizar o conteúdo compartilhado:se possível, você poderá personalizar como o conteúdo será compartilhado para cada rede. A otimização do compartilhamento para cada rede aumenta a probabilidade de tráfego de cliques e retorno. Isso inclui criar mensagens que correspondam à sensação e ao tom de cada rede. Em outras palavras, não copie um tweet para usar no Facebook e no LinkedIn.
  3. Citações: criar cotações simples e twittáveis é o melhor caminho possível para alguém compartilhar seu conteúdo.

Todavia para realizar tudo isso pode-se usar o Social Warfare – um plug-in de compartilhamento social que nos permite realizar todas as dicas mencionadas acima para maximizar a capacidade de compartilhamento de nosso conteúdo.

Criar marketing de conteúdo - Conclusão

Em conclusão, o marketing de conteúdo tem o poder de transformar seus negócios. Com as ferramentas certas, ele pode levá-lo a alturas que você nunca sonhou.

Lembre-se que os grandes sites atualmente conhecidos no mundo todo e que estão na lista dos mais acessados, tiveram que começar em algum lugar. 

Espero que você possa aprender com o que eles fizeram e aplicá-lo ao seu negócio.

E que este artigo sirva para apontar os princípios básicos desse longo caminho.

2 Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar