Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :
Oh Snap!

Please turnoff your ad blocking mode for viewing your site content

TUDO SOBRE O MUNDO DIGITAL

Cursos, concursos, artigos, informações, etc.

Bitcoin: Mineração, Transações e Investimentos

5
(1)

Bitcoin está inserido em uma coleção de conceitos e tecnologias que formam a base de um ecossistema financeiro.

Unidades de moedas denominadas Bitcoins são usadas para armazenar e transmitir valores.

Os usuários se comunicam uns com os outros usando o protocolo Bitcoin através da internet, embora outras redes também possam ser usadas.

O protocolo Bitcoin, disponível como software de código aberto, pode ser executado em uma ampla gama de dispositivos de computação, incluindo laptops e smartphones, tornando a tecnologia facilmente acessível.

Os usuários podem transferir seus Bitcoins pela rede para fazer qualquer coisa que possa ser feita com moedas convencionais, como comprar e vender mercadorias, enviar dinheiro para as pessoas/organizações ou conceder crédito.

O Bitcoin pode ser comprado, vendido e trocado por outras moedas em bolsas de valores especializadas, sendo uma forma perfeita de dinheiro para ser usado na internet, porque é rápido, seguro e sem fronteiras.

Ao contrário das moedas tradicionais, o Bitcoin é inteiramente virtual, onde os usuários possuem chaves que lhes permitem provar a propriedade na rede Bitcoin. Com essas chaves é possível assinar transações para desbloquear o valor e transferi-lo para um novo proprietário.

As chaves são frequentemente armazenadas em uma carteira digital no computador ou no smartphone de cada usuário. A posse da chave que pode realizar transações é o único pré-requisito para usar o Bitcoin, colocando o controle inteiramente nas mãos de cada usuário.

bitcoin

Bitcoin - Criação

Os Bitcoins são criados através de um processo chamado mineração, que envolve competir para encontrar soluções para um problema matemático ao processar transações.

Qualquer participante na rede de Bitcoins pode operar como um minerador, usando o poder de processamento do computador para verificar e registrar transações.

Clique aqui para instalar o navegador CryptoTab e faça sua rede de mineração

A cada 10 minutos, em média, um minerador de Bitcoin é capaz de validar as transações dos últimos 10 minutos e é recompensado com novos Bitcoins.

Essencialmente, a mineração de Bitcoins descentraliza funções de emissão e compensação de moeda e substitui a necessidade de qualquer banco central.

O protocolo Bitcoin inclui algoritmos incorporados que regulam a função de mineração através da rede e reduz pela metade a taxa na qual novos Bitcoins são criados a cada 4 anos.

O resultado é que o número de Bitcoins em circulação segue uma curva facilmente previsível, que se aproximará de 21 milhões até o ano de 2140.

Devido aos Bitcoins diminuírem a taxa de emissão a longo prazo, a moeda é deflacionária e não pode ser inflada por “imprimir” dinheiro novo além a taxa de emissão esperada, como acontece com as moedas tradicionais.

BLOCOS, MINERAÇÃO E BLOCKCHAIN

O sistema Bitcoin, ao contrário dos sistemas bancários e de pagamentos tradicionais, baseia-se na confiança descentralizada. 

Em vez de uma autoridade confiável central, a confiança é alcançada como uma propriedade emergente das interações de diferentes participantes no sistema.

Blockchain é uma estrutura de registro. Funciona como uma planilha onde são registradas todas as transações realizadas com determinada criptomoeda.

Mineração e Consenso

A palavra “mineração” não é tão exata quanto pode parecer à primeira vista. 

Evocando a idéia de extração de metais preciosos, concentra nossa atenção na recompensa com o resultado da mineração.

Embora a mineração seja incentivada por essa recompensa, o principal objetivo da mineração não é a recompensa ou a geração de novas moedas. 

Com efeito, ao visualizar a mineração apenas como o processo pelo qual as moedas são criadas, estaremos confundindo os meios (incentivos) com o objetivo do processo. 

A mineração é o mecanismo que sustenta a descentralização, pelo qual as transações são validadas e compensadas. 

Na verdade, a mineração é um processo que torna o Bitcoin especial, um mecanismo de segurança descentralizado que forma a base do dinheiro digital.

A mineração protege o sistema Bitcoin e permite o surgimento de um consenso aceito em toda a rede sem a necessidade de uma autoridade central. 

A recompensa em moedas e transações recém-cunhadas são o esquema de incentivo que alinha as ações dos mineradores com a segurança da rede, implementando simultaneamente a oferta monetária. 

A mineração valida novas transações e as registra no livro global. 

Um novo bloco contendo transações que ocorreram desde o último bloco, é “minerado” a cada 10 minutos, em média, adicionando as transações à blockchain. 

As transações que se tornam parte de um bloco e adicionadas ao blockchain são consideradas “confirmadas”, o que permite que os novos proprietários de Bitcoins usem o bitcoin recebido nessas transações.

Ou seja, os mineradores recebem como recompensa – em troca da segurança fornecida pela mineração – novas moedas criadas com cada novo bloco e taxas de todas as transações incluídas no bloco.

Para ganhar tal recompensa os mineradores competem para resolver determinados problemas matemáticos.

A solução para o problema está incluída no novo bloco e atua como prova de que o minerador despendeu um significativo esforço de computação.

TRANSAÇÕES BITCOIN

Em termos simples, uma transação informa à rede que o proprietário de algum valor de Bitcoin autorizou a transferência desse valor para outro proprietário. 

O novo proprietário pode agora usar o Bitcoin criando outra transação que autorize a transferência para outro proprietário, e assim por diante, em uma grande cadeia de propriedades.

A estrutura de dados de blockchain é uma lista ordenada e vinculada a blocos de transações. O blockchain pode ser armazenado como um arquivo simples ou em um banco de dados.

Os blocos são interligados, cada um referindo-se ao bloco anterior da cadeia. 

A blockchain é geralmente visualizada como uma pilha vertical, com blocos sobrepostos (uns sobre os outros), com o primeiro bloco servindo como base de toda a pilha.

EXEMPLO PASSO A PASSO DE
INVESTIMENTO COM BITCOIN

Faça uma conta na BitcoinTrade para transferir valores em reais e dentro da plataforma adquirir seus Bitcoins. É necessário enviar seus documentos, conforme solicitado no site, e enviar uma self segurando uma folha sufit com a data, um documento e a palavra BitcoinTrade. Também é necessário criar um código 2FA usando o aplicativo Authy no celular.

Estando dentro da plataforma da BitcoinTrade siga esse passo a passo para realizar suas transações:

TRANSFERIR DINHEIRO

  • OPERAÇÕES
  • DEPÓSITOS
  • DEPOSITAR EM REAIS
  • ESCOLHER O BANCO
  • COLOCAR OS DADOS DA CONTA
  • TRANSFERIR PELO BANCO OU PELO CELULAR
  • ANEXAR COMPROVANTE
  • AGUARDAR A CONFIRMAÇÃO
  • ASSIM QUE APROVAR O VALOR ENTRA NO CAMPO DE REAIS

COMPRAR BITCOIN

  • MERCADO 
  • COMPRAR BITCOINS
  • USAR SALDO (OU O VALOR QUE QUISER)
  • COMPRAR BITCOINS
  • CONFIRMAR
  • O VALOR ENTRA NO CAMPO DE BITCOINS
  • NA PARTE INFERIOR ESQUERDA TEM SEU SALDO EM REAIS

Transferir Bitcoins para A sua conta bancária

Para transferir seus Bitcoins da Bitcointrade para a sua conta bancária são necessários dois procedimentos:

1. TRANSFERIR BITCOINS PARA REAIS DENTRO DA BITCOINTRADE

  • MERCADO
  • VENDER
  • COLOCA A QUANTIDADE
  • POSIÇÃO 1
  • VENDER BITCOINS
  • CONFIRMAR
  • APARECE COMO REAIS

2. SACAR PARA A SUA CONTA BANCÁRIA

  • OPERAÇÕES
  • SAQUES
  • SACAR REAIS
  • CONFERIR SEUS DADOS BANCÁRIOS
  • USAR SALDO (OU OUTRO VALOR)
  • CONTINUAR
  • COLOCAR O CÓDIGO 2FA
  • SOLICITAR SAQUE
  • AGUARDAR (o prazo é de 48 horas, mas normalmente em uma hora já está na conta)

Conclusão

Tem algumas estratégias bem interessantes para usar nesses casos. 

Seria bom investir em uma empresa e procurar tirar o que investiu o quanto antes, pois a partir de então só terá lucros e você já não se importará tanto se a empresa fechar. 

O problema é que as pessoas geralmente reinvestem no mesmo lugar, não adianta reinvestir em uma mesma empresa se um dia ela pode desaparecer do mapa. 

Se todo rendimento que tirar de uma empresa, por exemplo, você investir em outra empresa, você passará a ter duas empresas rendendo. 

Quando você conseguir mais ou menos igualar os saldos das duas empresas pode começar a investir numa terceira e seguir até igualar os saldos. 

Se uma empresa “sumir” você ainda terá outras duas rendendo para você. 

O que vai acontecer é que você criará uma bola de neve que irá crescer a seu favor, não se esquecendo de ir deixando uma parte dos rendimentos como Bitcoin, que também poderá ser uma ótima fonte de renda a longo prazo, se ele chegar a valer 100 mil dólares ou até mesmo 400 mil dólares como muitos “gurus” estão falando. 

Com essa estratégia o único risco que você corre é se todas as empresas que você investe fecharem mais ou menos ao mesmo tempo, aí a casa cai. 

Mas, não menos importante, é nunca investir o que vai fazer falta para você, invista aquilo que está sobrando, e mesmo o que está sobrando não invista tudo.

Por exemplo, se você tem 25 mil na poupança, invista 5 ou 10 mil nessas empresas, deixe o resto quietinho na poupança, assim você está unindo a segurança tradicional à ousadia capaz de romper as barreiras naturais e mudar sua vida.

How useful was this post?

Click on a star to rate it!

Average rating 5 / 5. Vote count: 1

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar